Afonso III - 866-910 - Reis da Galiza

Afonso II é conhecido como príncipe das Galicias (Galletiarum principis)[1] na Vita Hludovici, (814-840) assim como rei da Galiza (rex Gallaeciae)[2] no cronicón de Hermann de Reichenau do século XI (1013-1054). Igualmente, nas fontes muçulmanas, é chamado rei da Galiza por Al-Maqqari e rei dos galegos por Ibn Khaldun.[3] A mencionada denominação como rei de Galicia e Asturias (regis Galleciae et Asturiae nos Annales regni francorum[4] e regis Asturiae atque Galleciae na Vita Karoli Magni de Exinardo[5][a]) é totalmente ocasional, pois o resto das fontes cristãs e muçulmanas sempre fazem referência unicamente a Galiza.[7] Porém, é comúm a suplantação da sua titulação pola de rei de Asturias, denominação esta criada na Espanha do século XIX polos primeiros historiadores romanticistas como Modesto Lafuente em pleno período de criação do nacionalismo espanhol contemporáneo.

Fonte / Source: Wikipedia Galega editado por Galiza Histórica.